Está voltando!

Aguarde novo conteúdo.
Em Julho!
Blog em reforma

segunda-feira, dezembro 26, 2011

A Vespera de Natal

P rovavelmente o leitor não entenderá essa postagem, e muito menos o sentido dela com a minha conclusão.


Ele estava brincando. Ela se doendo.
Ela se engrandecia. Ele a magoava.
Ela fingia ser o que não é. Ele falava do passado.
Ela se contrariava. Ele tinha a resposta na ponta da língua.
Ela furtou. Ele explodiu.
Ela o desfez. Ele xingou, gritou, falou coisas erradas.
Ela riu. Ele saiu com dor.
Ele voltou para onde não deveria ter saído. Ela .. ninguém sabe mais, pois ele não estava mais la.


Eu, Gabryel Fellipe, concluo que ainda estou preso no que não deveria!
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...