Está voltando!

Aguarde novo conteúdo.
Em Julho!
Blog em reforma

quarta-feira, dezembro 17, 2014

Tag #14 - isso ou aquilo? [tag jogos vorazes] - sem spoiler!

   um dos melhores livros que li esse ano faz parte de uma trilogia: a trilogia Jogos Vorazes. para ir me preparando para o AWARDS 2015 - que é referente as leituras de 2014 - venho finalmente responder uma tag indicada pelo meu parceiro de blog Rudimar Baroncello.

terça-feira, dezembro 16, 2014

Desafiando temas: medo




meu descontrole é preocupante,
minha impulsividade, descontrolada,
por muitas vezes sou arrogante,
vamos tomar uma limonada?

minha boca seca e sinto medo,
eu amo muito pra ir embora,
só D-s sabe o meu desespero,
mas eu preciso ir agora.

tenho medo de falar coisas certas,
medo de ouvir coisas erradas.
ouço demais sobre incertezas,
e palavras que falo, são como facadas.

esse é o meu maior sentimento,
o mais antigo da humanidade,
você tem que saber a verdade,
tenho medo da minha própria mentalidade.

por: el costa
desafiado por: rudi

♫♫♫♫♫♫♫


e com o mesmo tema, mentes diferentes criam diferente:

Tema um: o prazer do sono (tema por: rudi)

Tema dois: falando de uma música  (tema por gabryel)

Tema três: ambições/sonhos futuros (tema por rudi)

Tema quatro: céu (tema por gabryel)



foi uma ótima experiência, algo que fez nossa criatividade suar para realizar o proposto!
espero que quem acompanhou tenha gostado.
esse foi apenas o fim do primeiro projeto.

segunda-feira, dezembro 15, 2014

Desafiando temas: céu


   Numa das casas daquela rua, havia um pai usuário de drogas e uma mãe que bebia, com isso, três crianças sofriam.
   Numa das casas daquela rua, havia um mãe cega pelo diabetes, morando com seu filho de doze anos que fazia o papel de pai de sua mãe.
   Numa das casas daquela rua, havia uma menininha morando com sua avó que sempre ameaçava abandonar a neta no meio da rua.
   Numa das casas daquela rua, havia duas crianças que viviam a falta da mãe, sendo cuidadas por seu pai que todos os dias chorava pelo abandono da mulher que deixará ele e seus dois filhos, desamparados, para fugir com um malandro qualquer.
   Mas nessa rua, sete crianças se encontravam ao pôr do sol, sentavam na beira do penhasco, e não tinham medo de cair, olhavam para o céu caladas, presenciando mais um dia se ir. Sorriam alegres ao enxergar a lua cheia, e se esbaldavam de sorrisos ao ver aquela imensidão, acima delas, cheia de brilho.
   Contavam e recontavam as estrelas. Comentavam como seria bom o queijo feito na lua. Se imaginavam indo embora com o sol. Sonhavam morar no céu.
   Naquela noite foi diferente. Quatro crianças desceram o penhasco, outras três as viram ir embora nas nuvens. Foi uma despedida sublime, com direito a sorrisos e lágrimas de alegria.
   E assim, duas das três crianças, que haviam permanecido á beira do penhasco, voltaram para fazer a alegria de um pai desamparado. A outra voltou com muito entusiasmo, para contar a sua mãe que já não enxergava, sobre a maior beleza que já presenciara.
   A criança falou sobre o céu.

por: el costa
desafiado por: el costa

sexta-feira, dezembro 12, 2014

Desafiando temas: ambições/sonhos futuros


 de início quero frisar que #sonho e #meta são significados e existências bem diferentes!


alguns dos meu maiores sete sonhos


quem me conhece sabe que: eu vivo com a vontade de ter algum contato com um Anjo celeste, um Anjo de D-s! não sei qual seria a minha reação estando frente a frente com um deles, mas acho que seria algo muito lindo, pra mim.

quinta-feira, dezembro 11, 2014

Desafiando temas: Falando de uma música


analisando a música "jamais" composta por filipe valente, na voz de leonardo gonçalves!

"mas chegará o tempo em que eu não morrerei. jamais. 
e o tempo me deixará em paz. o antes e o depois não importam mais"

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Desafiando temas: O Prazer do sono



o sonho de ter um bom sono


Não preciso de alguém que me imponha tempo pra dormir, ninguém sabe quem precisa de oito, seis ou nove horas pra viver o sono.
Preciso ficar bonito, por isso dormirei á vontade, pra que meus hormônios do crescimento sejam liberados e minhas células regeneradas.
Imagina se vou me entupir de remédios pra descansar? O dia-a-dia já me dá o sono necessário. D-s dá aos seus amados o sono. Mas se eu precisar de remédios, pode ter certeza que vou tomar, porque não quero morrer cedo e ser um caso humano comprovado de que não dormir mata. Afinal, pobres animaizinhos morreram sem dormir, foram cobaias só para os cientistas comprovarem algo que já sabiam.
Meu cérebro ficará bem e minhas dores aliviadas. Porque dormir é a maior terapia já conhecida e registrada.
Mas pra isso peço que ninguém me atrapalhe! Terei quatro estágios do sono: no terceiro e no quarto será difícil de me acordar, então me deixe em paz nos dois primeiros. Já no meu estágio REM, me deixe sossegado, quero sonhar, e sonhar o tempo necessário.
Facebook, Twitter, mensagens e Whatsapp, desligando meu celular me desligo dessa dura variedade.
E que não ajam luzes que me atrapalhe, nem vozes que me perturbe, vou dormir e sonhar todos os dias, e o melhor é que fujo da minha realidade.

por: el costa
desafiado por: rudi

terça-feira, dezembro 02, 2014

miscelânea - os dezenove anos e como se foi dado:

   e tudo tem um inicio, e esse re-inicio foi bom o bastante pra me mostrar o que a falta da dor tem de pior. é muito bom ganhar presentes, claro que é, mas se você espera um presente que não se compra com dinheiro e recebe o mais caro comprado com o suor, ele não te satisfará.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...