Está voltando!

Aguarde novo conteúdo.
Vem Abril!!!

quarta-feira, dezembro 17, 2014

Tag #14 - isso ou aquilo? [tag jogos vorazes] - sem spoiler!

   um dos melhores livros que li esse ano faz parte de uma trilogia: a trilogia Jogos Vorazes. para ir me preparando para o AWARDS 2015 - que é referente as leituras de 2014 - venho finalmente responder uma tag indicada pelo meu parceiro de blog Rudimar Baroncello.

terça-feira, dezembro 16, 2014

Desafiando temas: medo




meu descontrole é preocupante,
minha impulsividade, descontrolada,
por muitas vezes sou arrogante,
vamos tomar uma limonada?

minha boca seca e sinto medo,
eu amo muito pra ir embora,
só D-s sabe o meu desespero,
mas eu preciso ir agora.

tenho medo de falar coisas certas,
medo de ouvir coisas erradas.
ouço demais sobre incertezas,
e palavras que falo, são como facadas.

esse é o meu maior sentimento,
o mais antigo da humanidade,
você tem que saber a verdade,
tenho medo da minha própria mentalidade.

por: el costa
desafiado por: rudi

♫♫♫♫♫♫♫


e com o mesmo tema, mentes diferentes criam diferente:

Tema um: o prazer do sono (tema por: rudi)

Tema dois: falando de uma música  (tema por gabryel)

Tema três: ambições/sonhos futuros (tema por rudi)

Tema quatro: céu (tema por gabryel)



foi uma ótima experiência, algo que fez nossa criatividade suar para realizar o proposto!
espero que quem acompanhou tenha gostado.
esse foi apenas o fim do primeiro projeto.

segunda-feira, dezembro 15, 2014

Desafiando temas: céu


   Numa das casas daquela rua, havia um pai usuário de drogas e uma mãe que bebia, com isso, três crianças sofriam.
   Numa das casas daquela rua, havia um mãe cega pelo diabetes, morando com seu filho de doze anos que fazia o papel de pai de sua mãe.
   Numa das casas daquela rua, havia uma menininha morando com sua avó que sempre ameaçava abandonar a neta no meio da rua.
   Numa das casas daquela rua, havia duas crianças que viviam a falta da mãe, sendo cuidadas por seu pai que todos os dias chorava pelo abandono da mulher que deixará ele e seus dois filhos, desamparados, para fugir com um malandro qualquer.
   Mas nessa rua, sete crianças se encontravam ao pôr do sol, sentavam na beira do penhasco, e não tinham medo de cair, olhavam para o céu caladas, presenciando mais um dia se ir. Sorriam alegres ao enxergar a lua cheia, e se esbaldavam de sorrisos ao ver aquela imensidão, acima delas, cheia de brilho.
   Contavam e recontavam as estrelas. Comentavam como seria bom o queijo feito na lua. Se imaginavam indo embora com o sol. Sonhavam morar no céu.
   Naquela noite foi diferente. Quatro crianças desceram o penhasco, outras três as viram ir embora nas nuvens. Foi uma despedida sublime, com direito a sorrisos e lágrimas de alegria.
   E assim, duas das três crianças, que haviam permanecido á beira do penhasco, voltaram para fazer a alegria de um pai desamparado. A outra voltou com muito entusiasmo, para contar a sua mãe que já não enxergava, sobre a maior beleza que já presenciara.
   A criança falou sobre o céu.

por: el costa
desafiado por: el costa

sexta-feira, dezembro 12, 2014

Desafiando temas: ambições/sonhos futuros


 de início quero frisar que #sonho e #meta são significados e existências bem diferentes!


alguns dos meu maiores sete sonhos


quem me conhece sabe que: eu vivo com a vontade de ter algum contato com um Anjo celeste, um Anjo de D-s! não sei qual seria a minha reação estando frente a frente com um deles, mas acho que seria algo muito lindo, pra mim.

quinta-feira, dezembro 11, 2014

Desafiando temas: Falando de uma música


analisando a música "jamais" composta por filipe valente, na voz de leonardo gonçalves!

"mas chegará o tempo em que eu não morrerei. jamais. 
e o tempo me deixará em paz. o antes e o depois não importam mais"

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Desafiando temas: O Prazer do sono



o sonho de ter um bom sono


Não preciso de alguém que me imponha tempo pra dormir, ninguém sabe quem precisa de oito, seis ou nove horas pra viver o sono.
Preciso ficar bonito, por isso dormirei á vontade, pra que meus hormônios do crescimento sejam liberados e minhas células regeneradas.
Imagina se vou me entupir de remédios pra descansar? O dia-a-dia já me dá o sono necessário. D-s dá aos seus amados o sono. Mas se eu precisar de remédios, pode ter certeza que vou tomar, porque não quero morrer cedo e ser um caso humano comprovado de que não dormir mata. Afinal, pobres animaizinhos morreram sem dormir, foram cobaias só para os cientistas comprovarem algo que já sabiam.
Meu cérebro ficará bem e minhas dores aliviadas. Porque dormir é a maior terapia já conhecida e registrada.
Mas pra isso peço que ninguém me atrapalhe! Terei quatro estágios do sono: no terceiro e no quarto será difícil de me acordar, então me deixe em paz nos dois primeiros. Já no meu estágio REM, me deixe sossegado, quero sonhar, e sonhar o tempo necessário.
Facebook, Twitter, mensagens e Whatsapp, desligando meu celular me desligo dessa dura variedade.
E que não ajam luzes que me atrapalhe, nem vozes que me perturbe, vou dormir e sonhar todos os dias, e o melhor é que fujo da minha realidade.

por: el costa
desafiado por: rudi

terça-feira, dezembro 02, 2014

miscelânea - os dezenove anos e como se foi dado:

   e tudo tem um inicio, e esse re-inicio foi bom o bastante pra me mostrar o que a falta da dor tem de pior. é muito bom ganhar presentes, claro que é, mas se você espera um presente que não se compra com dinheiro e recebe o mais caro comprado com o suor, ele não te satisfará.

sexta-feira, novembro 21, 2014

segunda-feira, novembro 17, 2014

Foi ontem - 3 anos de blog!!!

eu pensei em fazer "aquela" postagem, mas acabo por não ter tanto tempo assim.

em 16 de novembro de 2011 foi criado o blog (Gabryel Fellipe Alego) onde foi imaginado escrever qualquer desinteresses e alegar alguma coisa no final, quase como aquelas historinhas para crianças onde sempre há a tal "lição de moral".

mas ta aí!

hoje é apenas "gabryel fellipe & algo - confins literários" o que também será modificado em 2015 a ser "gabryel fellipe & algo - quimeras mirabolantes".

como mantive o blog


muitos notam a escassez de postagens manuais aqui do blog, mas não digo ser escassez, mas apenas uma personalidade específica. coisas horríveis acontecem entre blogueiros que acabam excluindo o blog: postar muito ou postar nada. 
nunca fui muito de ficar enxugando minha criatividade pra ver apenas uma gota cair e com ela eu tentar espalhar aos quatro cantos da terra - se eu não sei sobre o que postar, eu simplesmente não posto.

com isso, nunca deixei de postar, assim como também nunca fico sem visitar outros blogs - visitar outros blogs nos faz criar amizades com pessoas maravilhosas e até encontrar inspiração pra não deixar nosso blog de lado - aprendi a ler postagens de outros blogueiros e a comentá-las com a minha opinião.

eu, particularmente, gosto muito de ir em outros blog e comentar postagens, e é tão feliz quando vemos os mesmos nos visitando e comentando também, mas há aqueles que comentam sem comentar, os que apenas esperam retribuição - execravelmente esses são os que nunca criam laços, ou que criam, mas que se cansam rapidamente e são os primeiros a excluir seus blogs! -.

e cá estou eu até hoje! sempre sabendo que dá pra melhorar! criando laços de amizade; colocando algo de mim em outros blogs (tais como comentários); me divertindo a cada layout novo; me sentindo satisfeito ao ler minhas poucas postagens; sorrindo a cada opinião diferente; e vendo que os blogs são ótimos para abrir nossas mentes e nos apresentar a mundos, muitas vezes, completamente diferentes.

sábado, novembro 15, 2014

na minha vida engrandecer a D-s!


é que as vezes temos momentos pra refletir e recebemos aquele puxão de orelha que não podemos deixar só com a gente!

terça-feira, novembro 11, 2014

Tag #13 - gêneros literários


   após algum tempo de promessa, venho responder uma tag bem interessante e curtinha indicada a mim por dois ótimos blogueiros: o tony e a milly! peço que, quem puder responda também! é rápida e bastante interessante. com ela dá pra conhecer bastante os amigos blogueiros que tanto estimamos.

quinta-feira, novembro 06, 2014

destino decepcionado


"o destino deve estar nos olhando com aquela cara de quem diz:
 - eu tentei juntar vocês dois."

o que falta entre essas duas pessoas é a coragem para admitir a verdade do que sentem um pelo outro. 
não querem ficar com o sentimento de que foram rejeitados, então permanecem omitindo sentimentos.
se apenas um deles fosse mais maduro, talvez deixasse de esconder a realidade entre os dois;
se um dos dois não tivesse medo de dizer que Ama, as coisas correriam da forma como foi preparado para suas vidas;
se um deles pelo menos tentasse não se importar com a rejeição, poderiam conhecer se foram feitos um para o outro. 
mesmo que esteja muito explicito que essas pessoas se Amam, elas não admitem.
eu escolho admitir, mas decido não tentar.

terça-feira, novembro 04, 2014

Design: Música no centro - Sol G

cada blogueiro carrega em si uma personalidade e característica que os define diferente dos demais, e o que maior define o autor do blog é o layout e as suas postagens.
o designer do blog tem que primeiro satisfazer o dono dele, pois se pra ele não está sendo algo tão confortável, para os seus leitores também não será.

quarta-feira, outubro 29, 2014

Diário catastrófico: uma vítima voluntária

29 de outubro de 2014

quando eu era pequeno me fizeram chorar.
um choro sentido, cheio de significados.
eu ainda não tinha coragem pra dizer "para".
então o que eu podia fazer era, simplesmente, me afastar.
fugir.

enquanto fui crescendo continuei me afastando,
mas nesse tempo eu comecei a amadurecer.
talvez crescer com o sentimento de ódio e medo fora ruim pra mim.
mas enfim amadureci.

quando retornei foi diferente,
na primeira vez que deixei o medo de lado, a coragem se apossou de mim.
mas ainda hoje não esqueço daqueles dias.
eu era a vítima porque eu deixava.

com apreciação,
gabryel fellipe


por todos os cantos existem as chamadas vítimas voluntárias. elas podem ser encontradas dentro de algumas famílias, no canto de uma sala de aula, em algum grupo religioso, não é difícil de achá-las.
para identificar uma, é só observar naquelas que sofrem caladas e aceitam tudo de cabeça baixa, mas são expert em fingir, esse fingimento que será a matéria que mais será avançada e demonstrará ótimos resultados quando a vitima voluntária acabar explodindo e recebendo a coragem como troféu.
acredita-se que todos, um dia, já foram vítimas voluntárias.



quinta-feira, outubro 23, 2014

Cosmicismo = terror cósmico = H. P. Lovecraft


   Cosmicismo ou "terror cósmico" é uma filosofia que se baseia fortemente no ocultismo. Tem como principio que não há, não existe, presença divina e que toda e qualquer religião ou crença é apenas fruto da imaginação de seres irrelevantes e insignificantes -  o ser-humano se enquadra nessa categoria.

   O principal tema do cosmicismo é a completa insignificância do ser-humano e no quanto ele não passa de uma "poeira" que será varrida com o tempo, e que tudo há de evaporar, e depois dos humanos terem sido extintos, surgirá outra espécie, que também desaparecerá e virá outra, sempre apagando e tomando o lugar da destruída.

   Howard Phillips Lovecraft foi o criador dessa filosofia/gênero, com suas histórias contendo alienígenas e quartas dimensões, onde seres-humanos são sempre movidos pelo auto ego, incapazes de enxergar em outros seres o mesmo mover. Lovecraft desafiava várias crenças ou seitas, indo contra os valores do Cristianismo, Iluminismo e outros.



eu já tive a oportunidade de ler algo de lovecraft, no conto "A Armadilha" em que o autor escreve em companhia de outro autor. 
pude ter a experiência de ler algo fora do comum, onde o autor conta com uma quarta dimensão e cita até o livro de carrol* como uma semelhança.
é bem possível enxergar no conto a inferioridade que lovecraft coloca ao ser humano, o descrevendo como um ser de conhecimento e capacidade limitada. e o mais incrível é o dom que o autor tem de ir contra a física, descrevendo cenas totalmente contrarias de nosso conhecimento.
lovecraft é, sem dúvidas, um escritor que mexe com a mente humana, fazendo o leitor refletir e se amedrontar com suas reflexões! 


"Pelo mundo estudara e se aborrecera com a capacidade e conhecimento limitado dos humanos"
sobre Axel Holm do conto "A Armadilha"

*Alice no país das maravilhas

terça-feira, outubro 21, 2014

Desafio Halloween Literário #2 - Frankenstein e O médico e o monstro!


 Frankenstein eu já havia tentado ler, O médico e o monstro eu já havia lido. o melhor de tê-los lido um após o outro, me fez enxergar tantas semelhanças como também ter gerado em mim diversas reflexões.
 umas das reflexões foi a busca do homem pelo seu bem prazer, pela sua honra e pelo seu nome. a ambição do ser humano por se fazer grande e perceptível. 
 mas poderia o homem ser maior que o seu Criador?
 um dá a vida a um ser e depois de tê-lo criado o rejeita pela sua aparência apavorante. o rejeitado, por sua vez, acaba reconhecendo em seu "criador" a causa de todo o seu sofrimento, e por fim se torna um destruidor, acabando com toda a alegria de quem o deu a vida.
 o outro dá a si mesmo a capacidade de dividir sua alma, viver quando bem quiser com o seu lado mal, e quando bem quiser, voltar ao seu "eu" normal, mas como homem, ele é falho, então acaba perdendo o controle e sendo vítima da sua própria criação.

e por fim os dois livros mostram o pensamento de seus autores no que eles acreditam ser impossível o homem ser o seu próprio deus! essas e diversas mais outras reflexões.
   
o terror não é algo vão e inútil, sempre terá uma mensagem para dar 
aqueles que leem com a mente preparada para 
aprender do modo imaginário 
mais real que existe.

quinta-feira, outubro 16, 2014

eu em quinto lugar: motivo da minha pausa em tudo!



a minha entrada no "palco" da pré-audição 2014!


   eu fui preparado. subi nas asas dos seres do Altíssimo e sabia que eu daria o meu melhor. eram tantos gritos, tanta gente torcendo. tantos Amores. tantos amigos e familiares me apoiando. e começou a música. meu coração começou a acelerar, mas eu olhei para o público e enxerguei a promessa de D-s. olhei para o lado e vi meu professor, olhei para meus amigos e família lá embaixo torcendo e só sabia que eu não queria decepcioná-los, olhei para o jurados e só desejei que eu não os entediasse. e fui a cantar. a me entregar, a desejar que todos entendessem a letra da música e acabei por esquecer que ali era uma avaliação, pra mim foi como se eu estivesse na igreja, cantando normalmente.
   agradeci ao Papai.

o resultado!


   ficar entre o 5 primeiros colocados está sendo pra mim uma grande alegria, não sei descrever o que estou sentindo, por isso não descreverei. mas agradeço a todos os que me apoiaram e me apoiam, - decidi não citar nenhum nome - e primeiramente agradeço ao D-s dos céus, o meu Papai. e prometi pra mim mesmo que farei melhor na audição 2014 da it produções.

quinta-feira, outubro 09, 2014

Edgar Allan Poe e suas últimas palavras.


"Lord, please, help me poor soul"

   É quase estranho demais um leitor não ter ouvido ou lido algo sobre Edgar Allan Poe.

  •    Pai do romance-policial;
  •    Criador de histórias sombrias, macabras e misteriosas;
   
   E por fim sua própria morte foi misteriosa, um tanto sombria e com um final quase macabro.
   
   Poe foi encontrado nas ruas de Baltimore, no dia 03 de Outubro 1849, gritando coisas ininteligíveis, vestido com poucas roupas que não eram dele e por fim diagnosticado com Delirium tremens.
   Estava na idade de quarenta anos, possivelmente com alguma doença cerebral rara, ao que se sabe tinha problemas com bebidas, talvez tivesse diabetes ou algo do tipo, mas o maior impacto não foi os possíveis riscos de vida que ele corria por qualquer doença que fosse, o maior impacto foi que, suas últimas palavras perfeitamente sãs foram:

"Lord, please, help my* poor soul"
que na tradução ao português fica:
"Senhor, por favor, ajude a minha pobre alma"


 E então Poe morreu em 09 de Outubro de 1849, há exatamente 165 (cento e sessenta e cinco) anos de hoje!

outras fonte dizem que sua morte aconteceu em 07 de outubro.

terça-feira, outubro 07, 2014

Paralisia do sono ou "visita dum espírito mal que não deixa você acordar"


       Em meio a humanidade existem diversas superstições e crenças, mas existem realidades macabras que são tratadas como coisas normais enquanto coisas falsas são tratadas muito a sério.

Vou tentar me expressar da melhor maneira possível, mas se você tem MUITO medo da "peste que anda na escuridão" te aconselho a não ler esse post.

sexta-feira, outubro 03, 2014

Número 13, Sexta-feira treze e Gato Preto - Já ousou saber mais?


Existem superstições que muitas vezes não tem sentido algum, são tantas pessoas que se prendem á um tipo de costume sem antes saber qualquer coisa sobre ele. Eis então o número 13!

Para todas as conclusões de pesquisas que o leitor fizer, sempre encontrará que o 13 é um número de mau agouro, mas o motivo do 13 ser um número de mau agouro não será encontrado porque simplesmente foi um número escolhido aleatoriamente e derramado maldizeres sobre ele. Ou seja, o número foi azarado.

Quase todas as superstições são tiradas das sagradas escrituras, e o que chegou mais perto da explicação do maldito número 13 é que na última-ceia haviam Jesus e os doze apóstolos, contando então 13 pessoas á mesa, e pouco depois, Jesus foi crucificado. Não passa de uma coincidência.

Eis a Sexta-Feira 13!

Como já foi dito, quase todas as superstições são/foram tiradas das sagradas escrituras. Jesus foi crucificado numa sexta-feira e inteligentemente alguém juntou o número de mau agouro com o dia da semana que o Salvador morreu, nascendo assim a macabra Sexta-feira 13.

Eis o Gato Preto!

Na era medieval existia a caçada ás bruxas. Era sempre percebido um gato preto por posse de bruxas e bruxos, e por isso os gatos pretos foram dados a serem significados de maldição e parceiros da magia negra. Hoje o gato preto é sinal de azar e em muitos lugares eles são mortos por várias pessoas que levam essa superstição muito á sério.

Das três eu confio na do Gato preto, mas não mataria um só por achar que carrega algum mal. Quanto ao número treze e a Sexta-feira 13, não acredito, mas respeito os crentes nelas, tanto que um exemplo grande disso é autor Stephen King que tem a chamada Triscaidecafobia, que é o medo do número 13, e ainda assim o acho um completo sábio.

quarta-feira, outubro 01, 2014

Terror, um gênero!



Conectado á ficção e fantasia!

Pode ser sobrenatural ou não sobrenatural.

O terror pode ser identificado em toda e qualquer forma de arte.

Na musica o terror evoca sentimentos relacionados a morte.
Em pinturas causa uma intensidade sombria e apavorante á partir da extravagancia interessante.
Nas telas, chuva de sangue misturadas com sons de auto-volume juntamente com imagens/cenas hediondas, criando sustos capazes de causar mal ao telespectador

Lobisomens, vampiros, fantasmas e outros "seres" semelhantes surgiram da literatura de Horror.

O inicio desse gênero se deu a partir de costumes que tinham como o foco, a morte.

No século XVIII (dezoito) nasceu o Terror Gótico, ao que se sabe, com o aristocrata Horace Walpole.



Antigamente, mais para o século XIX (dezenove) o terror gótico tinha grande influencia para as mulheres por conter um número considerável de autoras do gênero, como Mary Shelley. Assim faziam-se crescer a curiosidade feminina.

Clássicos de Allan Poe, Bram Stoker, Howard Lovecraft, Mary Shelley e Robert Louis Stevenson foram/são os mais conhecidos.

terça-feira, setembro 30, 2014

Setembro, o mês de transformações


  Depois que se passam os ventos - ou furacões - muitas coisas são levadas embora.
  Nos meses de Setembro você não tem escolha, você se transforma.
  Como uma flor que desabrocha ou uma antes lagarta sai do casulo como borboleta, assim acontece depois que o mês dos ventos se passa, a transformação começa e não tem como tentar cessa-la. Ela simplesmente para quando quer.
  Não é superstição ou uma história inventada, a metamorfose também acontece nos seres humanos. Basta a cada um entender sua hora de evoluir, e essa hora pode ser um mês ou um minuto, o que importa é que acontece, e ninguém é imune.

Gabryel Fellipe - Setembro de 2014

domingo, setembro 28, 2014

Desafio Halloween Literário #1 - Apresentação e escolhas!


   O moço Rafa Filth Michaski, do Biblioteca do Terror, juntamente com canal literário Ler Vicia tiveram a ideia de criar um desafio que motivassem os leitores a lerem obras de Horror. Como todos sabem, o mês de Outubro é um mês voltado para o terror, e por isso é o mês escolhido para fazer valer esse desafio.

quer impacto? leia terror!

sábado, setembro 27, 2014

Alta literatura e literatura de entretenimento podem andar juntas?



Rudimar Baroncello estreando no blog com um texto tudo a ver com o Busca de informações!

"Para verdadeiros leitores, porque carrega sentimentos que só um leitor habituado pode entender!" - Gabryel Fellipe



   Já faz um tempo esse assunto vem me incomodando... Será que o que é considerado alta literatura pode, digamos, "andar junto" com a literatura de entretenimento? Para responder isso devemos primeiro divagar discorrer sobre o que seria essa "alta literatura". Fiz algumas pesquisas e cheguei a conclusão que a alta literatura são aqueles livros com uma carga reflexiva maior, aqueles dos quais podemos extrair mais coisas, o sistema educacional limita aos clássicos obrigatórios da escola... não que não se encaixem nesse quesito, isso, é claro, se desconsiderarmos Amor de Perdição que foi o primeiro (e único) livro obrigatório que li na escola e só me fez pensar: "Que coisa ridícula" (se tem algum fã do livro lendo isso por favor, não me odeie)... Mas aí chegamos a outro ponto... como um livro pode ser considerado alta literatura por quem não absorveu nada dele? É a velha e conhecida conversa sobre diferentes interpretações...

quinta-feira, setembro 25, 2014

Diário catastrófico: Sem remorso


24 de Setembro de 2014

Eu já sabia que, antes mesmo que eu decidisse, já estava decidido que eu não suportaria. Mesmo assim eu escolhi fazer aquilo que eu nunca achei que eu faria.
Sem arrependimentos ou remorsos.
Sem remorso porque eu não aceito ser trocado.
Sem remorso porque eu sei que tudo é substituível.
Sem remorso porque todos são substituíveis.
Sem remorso porque eu faço parte do todo.
Sem remorso porque você faz parte do todo.
Sem remorso porque sou substituível.
Sem remorso porque substitui você.

Com liberdade,
Gabryel Fellipe


Tá rolando sorteio no Leitor Antissocial do meu parceiro Rudi, para participar, basta seguir o blog dele. Corre lá!
Sorteio até o dia 01 - Resultado dia 03 de Outubro.

terça-feira, setembro 23, 2014

Confins Literários e Leitor Antissocial juntos!


Diferenças demais atrapalham, mas dentre várias diferenças, quando se encontra algo em comum, esse que é fortalecido!


   Esperamos que dessa parceria, coisas boas venham acontecer!
   Um mistura de um antissocial com um social demais resultará em altos delírios! Mal posso esperar.
   Porque afinal, parceiros de blogs são mais que ir um no blog do outro e comentar postagens, é participar, é confiar, é se unir e se divertir juntos com ideias malucas que farão os leitores se amalucarem ainda mais.


sexta-feira, setembro 19, 2014

[Foto Resenha] Se eu ficar (If I stay), de Gayle Forman (Editora Nova Conceito - 224 Páginas - Ano 2014)

Depois de várias ideias, finalmente encontrei um modo de modificar as coisas aqui no blog!
Para iniciar o Foto Resenha, venho falar de um livro muito bom que eu terminei de ler em 15 de Setembro, o livro escrito por Gayle Forman e que já ganhou adaptação para os cinemas, o livro Se eu ficar.


   Eu chorei!
   Dei quatro estrelas porque não gostei muito do "De repente e aconteceu" da hora do acidente - (não é spoiler), e dos desenhos das claves nas páginas ímpares que me deixou agoniado.

quinta-feira, setembro 11, 2014

Prova de Fogo (Maze Runner: The Scorch Trials), de James Dashner (Editora Vergara & Riba - 400 Páginas - Ano 2012)

“Continuem a reagir bem às Variáveis; lutem para sobreviver, e serão recompensados com o reconhecimento de terem desempenhado um papel importante na tentativa de salvar a raça humana. E salvar a si próprios, é claro.” Página 64.

   O que você faria se descobrisse que sua memória foi apagada? E que tudo o que você vive agora é uma espécie de teste em que procuram analisar algo que você não sabe realmente o que é?

terça-feira, setembro 09, 2014

Miscelânea - O algo de Gabryel Fellipe

Nessa primeira Miscelânea de Setembro - e do blog - tem: Histórico de leitura (Último livro lido; Expresso de Hogwarts; Qual livro agora?); News; Vídeo (Uma boa ideia para quem quer ler e não tem tempo); e pra concluir: o Foto,Ponto!

sábado, setembro 06, 2014

Onze Livros novos - Compensando não ter ido á Bienal


   Joe Hill, Harlan Coben, Sarah Lotz, Gayle Forman, Hugh Howey, Lucinda Riley, Redwine, Carlos Ruiz Záfon, Carolina Munhoz, Sophia Abrahão, James Dashner e Lois Lowry.

   Para todos os leitores, um prazer extremo é adquirir livros novos, e por eu não ter ido á Bienal 2014, resolvi compensar me dando esses lindos presentes. Mais uma vez as compras foram feitas no melhor site de compras - principalmente de compras de livros - do brasil, a Submarino. E mais uma vez estou satisfeito com o cuidado das entregas e a rapidez do procedimento.


   Pra apresentar melhor os livros comprados, vou separá-los por editora. E como é um post exclusivo para leitores, apresentarei também o valor que paguei em cada um.

segunda-feira, setembro 01, 2014

Expresso de Hogwarts


Expresso de Hogwarts
Objetivo

   Primeiro de Setembro é o dia em que se inicia o ano letivo na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e levando em conta essa data literária para a minha vida normal e real, faço do 1º de Setembro uma espécie de tradição, e me encontro no mundo de Harry Potter a partir dessa data memorável.

sexta-feira, agosto 29, 2014

Diário catastrófico: Talvez



28 de Agosto de 2014

Talvez essas palavras sejam de alguém que nunca amou, se isso for mesmo possível, essa é uma verdade.
Suar as mãos, só quando viu alguém a quem tinha medo. Falar gaguejando, só quando estava com vergonha de falar algo que não sabia. Fazer as coisas erradas com muita falta de concentração, muitas vezes quando estava com preguiça.
Talvez essas palavras sejam de alguém que nem a sua própria família amou, sabendo que estimar e ser dependente não são um indício de amor, mas apenas de favor. Por Favor!
Saber amar é muito além do que muitos amam. Confiar que cada um tem seu jeito de amar não é um argumento.
Talvez essas palavras sejam de alguém que não ama, mas que tem vontade disso, e se entrega ao primeiro sorriso de alguém que finge um primeiro ato de carinho.

Com arrogância,
Gabryel Fellipe

terça-feira, agosto 26, 2014

Uma foto com o livro #1 - Maze Runner: Prova de fogo


"O labirinto foi só o começo. O pior está por vir. Lembre. Corra. Sobreviva." 
#Recomendo #Curtindo #Leitura #Livro #Vergaraeriba #JamesDashner #Correroumorrer #MazeRunner #TheScorchTrials #Provadefogo

Nota:

Cara de sono, livro na mão.
Um volume melhor que o outro.
Cada fim de capítulo te deixa com vontade de ler o próximo.

domingo, agosto 17, 2014

Aguardando Moderação - PS: do tempo!


   Você conhece essa coisa chamada tempo livre? E o chamado planejamento?
   Todos nós conhecemos!

   Depois que atingimos uma idade fora dos padrões da infância, nossa vida começa a se basear em responsabilidades.. é trabalho, escola, curso, ensaios, e outros mais - cada um com seus afazeres respectivos. Nosso tempo livre se extingue, e quando ele aparece temos que usá-lo para o cumprimento de algo que nos é necessário ser feito, o que o transforma ser não um tempo livre, mas um tempo de aproveitar para fazer algo que não deu tempo de fazer ainda.

quinta-feira, agosto 14, 2014

A Esperança (Hunger Games - Mockingjay), de Suzanne Collins (Editora Rocco - 424 Páginas - Ano 2011)

“O que eles querem é que eu assuma verdadeiramente o papel que designaram para mim. O símbolo da revolução. O Tordo. Não é suficiente o que fiz no passado, desafiando a Capital nos Jogos, fornecendo um ponto de reorganização. Devo agora tornar-me a líder real, o rosto, a voz, o corpo da revolução.” Página 17.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...