Aviso importante!

Blog em reforma!

95 das 230 postagens já foram revisadas e já estão disponíveis na linha do blog.
As revisões continuarão!
Por enquanto, as demais postagens seguem alteradas para rascunho e serão publicadas assim que forem sendo revisadas.

Nesse mês de Abril de 2018 ocorrerão as novas atualizações do blog.



Última atualização: 27/Abril/2018 - 12h33



sábado, março 23, 2013

#Resenha - O Filho do Pecado - Fernando H. Marchi


Gabryel Fellipe




Ciência, tecnologia, idéias, criações, análises, guerras, prós, contras, amor, ódio, descrença, ensinamentos, mortes, vida, recomeço.

"O que aconteceria se o homem clonasse o filho de D-s?" Com essa pergunta em mente, o leitor mergulha nessa trama cheia de acontecimentos impactantes, todas com um "porquê" impactante, desde as cenas mais tediosas até as de mais alta sedução.


Os Personagens:

Gabriel, o cético: personagem clímax quase o livro todo. Causou várias intricas e as revira-voltas da trama quase sempre começam a partir dele. Uma personalidade incrível e difícil de esquecer; Ábelly, a inteligente: no inicio parecia uma personagem inútil criada apenas para complementar a história, mas então BUUM; Esdras, o manipulador fingido: a Ambição desse personagem me levou a sentir ódio;

Fora esses três mencionados há Jamal, Hiroto, Taylor, Sofia, Otach, Dante e, exclusivamente, Davi.



Para os leitores que querem um livro bom, que além de prender na trama é lotado de ensinamentos, esse é o livro.

Depois que li esse livro, minha visão da Bíblia - antes como um livro tedioso e contraditório - mudou. Nunca achei que um livro, escrito por um autor independente e brasileiro, fosse me fazer mudar certos pensamentos e rever conceitos.

O Filho do Pecado, de Fernando Henrique de Marchi, é um dos livros mais sábios que eu li até hoje.

Sobre os pontos negativos, houveram muitas partes sem impacto nenhum, alguns diálogos extensos de explicações e também algumas narrações excessivas. As vezes pareceu que eu estava lendo um livro didático, até que surgiam as partes que o Fernando realmente mostrou a que veio.


Um comentário:

  1. Este livro é mesmo muito bom, genial eu diria!!!

    ResponderExcluir

- respondo a todos os comentários;
- deixe seu link, afinal, curto muito visitar outros blogs e ler postagens;
- comentários de anônimos só serão aprovados mediante identificação;
- á primeira menção de grosseria, aguente as consequências.

____________________________________________________________________El Costa